25 maio 2016

E se o final fosse diferente?

Oiii pessoal!

Lembra aquele livro que você não gostou muito do final? Pois é, estamos aqui para deixá-lo melhor! O livro escolhido de hoje é Cidades de Papel do autor John Green. Particularmente, foi o pior final que se poderia imaginar, a forma que o autor desenvolveu o enredo foi formidável e interessante, porém o desfecho não foi nada parecido. 


E aqui vai o meu final ideal para essa história.

#AVISO# SE VOCÊ AINDA NÃO LEU O LIVRO E NÃO GOSTARIA DE RECEBER UM SPOILER, SUGIRO QUE PARE SUA LEITURA, TEMOS MUITOS OUTROS POST'S INTERESSANTES PARA SEU ENTRETENIMENTO.  

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No final do livro, Margo não volta para casa e muito menos fica com Quentin e essas eram as duas opções, acredito que, mais esperadas pelo público.
A opção de ela voltar para casa era a que eu mais esperava. Margo é uma garota bonita e inteligente e buscava uma vida mais animada, ela idealizava ter um motivo para viver, para estar naquela cidade, mas achava que as pessoas com quem convivia eram vazias demais e assim não conseguiam se imaginar sem fazer uma faculdade e arranjar um emprego. Ela pensava que a vida era mais que um diploma e um salário fixo, gostaria de poder mudar o mundo. 
E assim ela sumia de tempos em tempos em busca de se compreender melhor, até que decidiu fugir e não voltar mais. Nisso ela passa sua última noite com Quentin e faz algumas travessuras. 
Antes de ir embora ela deixa algumas pistas, as quais sempre deixava afim de dizer que ficaria bem. Ele as achou e entendeu que deveria ir em seu encontro, e assim o fez até encontrá-la e tudo que ela fez foi dizer que não queria ser encontrada.
Quentin viajou e sofreu por dias indo atrás de Margo para ela não querer ser encontrada, ela deixou pistas e montou todo um cenário, para simplesmente não querer ser encontrada. 
Fiquei completamente indignada porque, ao meu ver, ela iria ficar feliz que em meio a todas aquelas pessoas que ela pensava que eram vazias, ele a encontrou e estava disposto a mudar o mundo com ela, estava ali por ela. Não voltar para a casa dos pais que não se preocuparam tanto com sua partida seria mais aceitável do que ignorar o garoto que lhe amou deste o primeiro momento em que a viu. 
O meu final ideal seria ela voltar com Quentin, eles iriam à formatura e após isso eu aceitaria algum tipo de vida que John Green quisesse, desde que estivessem juntos. Ou então aceitaria que ela voltasse no mínimo para a casa de seus pais e descobrisse o que realmente quer e que desse uma justificativa do que fez, para que as pessoas que a amam soubessem o que estava acontecendo.

Escrito por Ingrid Santana

6 comentários:

  1. Obrigado por avisar, volto para ler este post quando ler o livro rs'

    Beijos
    www.bemvindaaos18.wix.com/blog

    ResponderExcluir
  2. Eu queria que ele ficasse com ela, queria que ele vivesse o mundo com ela pois as pistas que ela deixou para ele não foram em vão ele se arriscou e se desafiou acho que isso foi a moral da história, e seria perfeito ele continuar se desafiando ao lado dela.

    Beijos.
    http://thayabeloti.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com você!
      Não foi uma das melhores leituras que já tive

      Excluir
  3. Finalmente alguém que me entende a respeito desse livro! haha
    Meu final ideal seria que eles ficassem juntos, mas não voltassem para casa. Acho que a melhor parte do livro está em mostrar que podemos conseguir mais que diplomas e salários...
    Enfim, adorei a criatividade do post! Acho que vou fazer um assim também... haha

    Blog: http://somaisumapaginamae.blogspot.com.br/
    Canal: https://www.youtube.com/channel/UCcIjn7jr_aCfp5QzrTGRwLg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão bom encontrar alguém que entende a gente <3
      Ficamos felizes que tenha gostado do post!

      Excluir

Gostou? Então deixe seu comentário!

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo