14 setembro 2016

O Famoso "Felizes Para Sempre"

O que você costuma esperar que aconteça no final de um livro? 

   Eu, particularmente, estou tão acostumada a finais felizes que alguns já perderam a graça, e se enganam se pensam que irei deixar de ler e gostar desses finais. Eles são especiais e possuem sua própria magia, e isso me faz querer ainda mais ler essas histórias com finais talvez nada surpreendentes.

Fonte da imagem: http://www.lagoinha.com/


   Se você é uma pessoa que gosta de romances, é muito provável que já ouviu algum comentário negativo sobre eles, talvez que são livros de "menininhas", ou que todo mundo já sabe o que vai acontecer ("pra que perder seu tempo lendo isso?"), mas nenhuma dessas pessoas deve parar para refletir sobre a essência da narrativa, sobre a mensagem que está ali para ser decifrada por seus leitores e é por isso que eles não conseguem sentir a magia que está presente em todo romance.

   Para ser uma leitura fácil e óbvia, mas nem sempre é assim. Muitos dos romances que já passaram pelas minhas mãos me deixaram maravilhada, não pelo final em que "todos já sabiam o que iria acontecer", mas pelos momentos que os personagens viveram, que descritos de maneira correta, que prenda a atenção do leitor, nos levam a refletir em como somos com as outras pessoas que convivem conosco.

Fonte da imagem: https://br.pinterest.com/

   Um dos romances que mais gostei foi Orgulho e Preconceito da autora Jane Austen, cada momento que os personagens principais passaram juntos eram únicos e fascinantes, cada olhar lançado ao outro, cada sorriso presente nos lábios de ambos ... Todos os gestos, por mais simples que fossem, faziam toda uma diferença e se mal interpretados poderiam causar uma grande mudança no percurso da história, considerando o temperamento de cada personagem. 

   E seria muito bom se todos soubessem que os livros considerados de "menininhas" são os que mais nos ajudam a entender o meio em que vivemos. Não é por que se trata de um romance que não poderia ser discutido assuntos importantes para a sociedade, como o preconceito que ocorre em grande escala ou problemas psicológicos, como é discutido a depressão e o suicídio no livro Por Lugares Incríveis da autora Jennifer Niven.

Fonte da imagem: http://favim.com/

   Muitos dos meus livros favoritos são com finais felizes típicos, um completamente apaixonado pelo outro e assim formam uma família e pronto, assim são os finais, mas o importante mesmo é a história que eles viveram até chegar lá, é todos os momentos que passaram, as dificuldades que superaram. É preciso parar de pensar somente nos finais, é necessário que se reflita sobre tudo que passaram para chegar até ali e é isso o que me faz amar os romances e finais felizes típicos, saber que independente do que aconteceu, eles passaram juntos e continuam juntos. 

   E vale ressaltar que a felicidade que tanto buscamos esta nos pequenos detalhes, nos olhares e sorrisos do dia a dia, no bom dia que você escuta e diz toda manhã, quando perguntamos se esta tudo bem, e se não estiver, no ficar ao lado de alguém naquele momento, mesmo que em silêncio. A felicidade não pode ser comprada, ela é algo tão especial que é necessário conquistá-la e isso fazemos aos poucos, nas pequenas e boas atitudes.

Escrito por Ingrid Santana

2 comentários:

  1. Ameeeiii, sempre quis mudar os finais de uns livros!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode reescrever seu final e nós publicamos aqui!
      Só mandar por mensagem em nossa página no facebook: www.facebook.com/PrincesasLiterarias/

      Excluir

Gostou? Então deixe seu comentário!

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo