31 outubro 2016

Resenha do livro A Garota no Trem da autora Paula Hawkins

Oiii pessoal!!!

A resenha de hoje é do livro A Garota no Trem da autora Paula Hawkins, foi publicado pela editora Record, contendo 378 páginas e logo logo poderemos ver a adaptação nas telinhas do cinema! Quer saber mais? Então vem conferir!

Fonte da imagem: http://www.apenasgiz.com.br/

"De vazio, eu entendo. Começo a achar que não há nada a se fazer para preenchê-lo. Foi o que percebi com as sessões de terapia: os buracos na sua vida são permanentes. É preciso crescer ao redor deles, como raízes de árvore ao redor do concreto; você se molda a partir das lacunas."

Rachel está vivendo a mesma rotina de sempre,  pegando o trem das 8h04min., a mesma rotina pausada, revivendo lembranças de um passado feliz que foi destruído por causa de uma traição. Desempregada e viciada em álcool, seus dias são os mesmos, com manhãs de ressaca,  e o mesmo trem das 8h04min. com destino a Londres numa tentativa de despistar sua amiga e companheira de apartamento. Rachel acaba bebendo demais as vezes e acaba ligando para seu ex marido Tom e enchendo a paciência de sua nova esposa Anna e sua filhinha, as vezes Rachel cometia a loucura de aparecer na sua antiga casa, implorando que o seu ex marido lhe desse um pouco de atenção. 

Do trem que ela embarcava tinha um visão de uma casa específica, uma casa que ela admirava, ali ela via um casal e sentia que eles possuíam o tipo de amor perfeito e eterno que ela nunca teve com o Tom antes dele trocá-la por uma mulher menos complicada que ela. Mas, em um certo dia, ao invés de ver uma cena de amor do casal, ela vê algo diferente, uma cena chocante, algo que pode implicar na visão do casal perfeito que Rachel tinha. Dias depois do ocorrido, Rachel vê no jornal que a mulher que morava naquela casa foi dada como desaparecida. 

Rachel não consegue se manter alheia a situação, ela vai a política e conta tudo que viu, mas devido a seu histórico de bebidas ninguém à leva a sério. Ela vai em busca de respostas para o que aconteceu com aquela mulher, mas Rachel acaba descobrindo coisas que jamais imaginaria. 

A garota no trem tem uma narrativa ótima, ela é intercalada entre Rachel e outros personagens, e se você gosta de livros repletos de reviravoltas, o livro é esse.

"- Eu já não vi você antes em algum lugar? - perguntou.
Por um momento,  pensei em dizer: talvez. Talvez você tenha me visto na delegacia, ou aqui na rua. Estive aqui no sábado à noite. Fiz que não com a cabeça:

-Não, acho que não." 

Escrito por Geovana Santos

2 comentários:

  1. estou louca pra ler e ver o filme!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não tivemos a oportunidade de ver o filme, porém o livro é ótimo, pode ler sem medo!

      Excluir

Gostou? Então deixe seu comentário!

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo